Notas Públicas

    Nos últimos dias, “os olhos do mundo” voltaram-se para Assis, na Itália, berço da Ordem dos Frades Menores. Ao mesmo tempo em que a Família Franciscana celebrava o dia de seu fundador, São Francisco de Assis, a Igreja, na pessoa do Papa Francisco, lançava uma nova Encíclica inspirada no Santo de Assis, a já conhecida ‘Fratelli Tutti’, que quer dizer: ‘Somos todos irmãos’.

    O comentário é do Frei Augusto Luiz Gabriel, ofm.

    Dois ‘Franciscos” juntos lançam uma verdadeira proposta de fraternidade que merece ser lida, relida, meditada e aplicada. E é por isso que os frades franciscanos do Convento do Sagrado Coração de Jesus de Petrópolis (RJ) e a Tv Franciscanos da Província da Imaculada Conceição do Brasil, lançam a série “Fratelli Tutti”, uma reflexão sobre a Encíclica do Papa Francisco com enfoque franciscano. Em dez episódios, os vídeos apresentarão alguns pontos de toda a recente Encíclica do Sumo Pontífice, oferecendo também pensamentos e histórias do Santo de Assis. Além disso, cada episódio terminará com uma oração! Os episódios vão ao ar toda segunda, quarta e sexta, às 8 horas, pelo canal do YouTube da TvFranciscanos e pelo Facebook da Paróquia do Sagrado.

    São Francisco de Assis (Imagem enviada pelo autor)

    O texto da Encíclica mostra o Papa Francisco, parafraseando o Poverello em vários momentos. No título, por exemplo, o Papa recupera o elemento da fraternidade como valor central das relações, não somente entre os humanos, mas entre todas as demais espécies e o planeta. Nesse sentido, o documento é, ao mesmo tempo, o testemunho de um mundo ferido e uma lúcida proposição de novos caminhos, que tem como pano de fundo o amor e o cuidado aos mais vulneráveis.

    Casa Comum, profetizada na Laudato Si’, exige uma nova fraternidade que a habite e a construa. Isso, no entanto, só será possível – segundo Francisco – “se se aceita o grande princípio dos direitos que brotam do simples fato de possuir a inalienável dignidade humana”. A paz real e duradoura – diz ele – só é possível “a partir de uma ética global de solidariedade e cooperação ao serviço de um futuro modelado pela interdependência e a corresponsabilidade na família humana inteira”.

    Segundo o Papa Francisco, “esta Carta Encíclica, sobre a fraternidade e a amizade social, tem por título a expressão que São Francisco de Assis usava para se dirigir a todos para lhes propor uma forma de vida com sabor do Evangelho (FT 1). São Francisco propunha uma ‘fraternidade aberta que permite reconhecer, valorizar e amar cada pessoa, para além do contexto físico, para lá do lugar do mundo onde tenha nascido ou viva’ (FT1)”.

    São Francisco de Assis (Imagem enviada pelo autor)

    lógica fraterna do novo caminho que a encíclica insiste é: “O árduo esforço por superar o que nos divide, sem perder a identidade de cada um, pressupõe que em todos permaneça vivo um sentimento basilar de pertença” (FT 230). Os firmes laços familiares e fraternos sempre superam as brigas por meio do diálogo e da reconciliação. Vale lembrar que, como diz o Papa Francisco, paz não é apenas ausência de guerras, mas é o empenho pela dignidade e protagonismo de todos e todas. Francisco de Assis soube encarnar a opção pelos pobres fazendo-se um com eles.

    Você é convidado a trilhar com os frades franciscanos este caminho de reflexão e estudo da nova Encíclica do Papa Francisco. Assista a apresentação da série e o primeiro episódio!

    Leia mais

    fonte: http://www.ihu.unisinos.br/603793-fratelli-tutti-uma-reflexao-com-enfoque-franciscano